Registar | Iniciar sessão
Estilos decorativos 0 comentarios

Conselhos para uma decoração japonesa (II)

Quarta, 19 de Setembro de 2012 | 09:37

Decoração japonesa

Há umas semanas mostramos uma serie de conselhos de decoração japonesa e hoje queremos complementar e informação com novas sugestões.

No artigo anterior terminamos a falar das características dos móveis japoneses, que eram muito mais baixos que os que estamos habituados no ocidente. Comentamos que no Japão a vida em casa é passada muito ao nível do solo, por isso hoje queremos continuar a falar desse aspeto tão importante: O chão da nossa decoração japonesa.

Chãos japoneses

Deveremos prestar atenção ao chão dentro da medida do possível. A nível decorativo, deveremos ter em atenção para que o nosso chão esteja em harmonia com as paredes. No que toca à tonalidade, escolher um chão escuro é uma boa opção (preto ou antracite), embora que, escolher um tom que invoque a terra e que contraste com o mobiliário também é uma excelente opção.

Quanto a materiais, esquece o mármore ou o grés. Deves optar por chão laminado ou parquete. Estes materiais invocam mais a natureza e criam uma melhor harmonia. A sobriedade do chão ajudará a destacar alguns detalhes da decoração.

Conselhos para uma decoração japonesa (II)

Para portas, janelas e mesmo dividir espaços, as telas Shoji são uma excelente seleção. Estas são muito típicas do Japão e utilizavam-se tradicionalmente como símbolo de privacidade. São feitas de papel Washi (papel finíssimo fabricado no japão) que é um material translucido que deixa passar a luz.

Os biombos shōji podem abrir-se deslizando-se ou dobrando-se a metade, dependendo do design. Estes vão dar um ar muito tradicional à tua decoração. Para as janelas também podemos optar pelas cortinas de bambu. A nível funcional são ideais porque também exibem perfeitamente a luz natural e a nível estético ajudar-te-ão a criar o ambiente tradicional japonês.

Biombos para uma decoração japonesa

Outro acessório que nos pode servir para delimitar espaços e que também é muito típico no Japão é o biombo. Tradicionalmente só se usa o biombo para proteger os quartos do vento, embora que, pouco-a-pouco a sua utilização se tenha estendido para delimitar espaços, sobretudo com a sua chegada ao ocidente.

Apesar de apenas podermos usar os biombos de forma decorativa para a nossa decoração japonesa, é importante que lhe demos mais funcionalidade: dividir um quarto, criar um espaço especial para um determinado uso, etc.

Acessórios para uma decoração japonesa

Passemos aos acessórios. Dos pontos-chave há que ter muito presentes: Primeiro que não devemos sobrecarregar a decoração. Recorda que os ambientes japoneses devem ser simples, com espaços pouco saturados e que sejam espaçosos.

O segundo ponto-chave é o equilíbrio e a ordem. Deves selecionar elementos cujos acabamentos contrastem e se complementem com a decoração global. Não poderemos atingir a serenidade que queremos através da desordem. Tem em conta o Ying  e o Yang, onde os opostos se equilibram.

Iluminação para uma decoração japonesa

E terminaremos falando da iluminação. O ideal num ambiente japonês é que a iluminação seja natural, dentro da medida do possível, feita de luz natural e tentar que a luz natural não tenha um grande impacto nesta divisão. É preferencial que, na iluminação artificial, a luz seja indireta, iluminando assim a divisão de uma maneira subtil.

Categorias: Estilos decorativos,
Compartilha-o:
Artigos relacionados
Quinta, 30 de Abril de 2015 | 14:35
Sábado, 28 de Fevereiro de 2015 | 12:45
Sexta, 11 de Julho de 2014 | 15:19
Quinta, 27 de Março de 2014 | 18:14
Sábado, 23 de Março de 2013 | 14:35
Segunda, 18 de Março de 2013 | 15:11
Comentários
Enviar
Registar | Iniciar sessão
Email ou nome Palavra-passe Fechar ×
Ligar
Esqueci-me da minha palavra-passe
Regista-te no BricoDecoracao.com Fechar ×
Nome/Utilizador:
Email:
Palavra-passe:
Sexo:
Data de nascimento:
  • O teu nome será o teu nome de utilizador e não será possível alterá-lo uma vez que tenhas escolhido um.
  • Ao registares-te nesta página, estás a aceitar os seus termos e condições de uso. Podes lê-los aqui.
Registar
Se o desejares, lembra-te que também podes iniciar sessão com a tua conta do Facebook.